Denis Zanin
Denis Zanin

entre ensaios e hiatos, um blog pessoal que aborda textos sobre jornalismo digital, segurança e privacidade na Internet; literatura, fotografia, política, etc. são alguns dos outros temas abordados.

Denis Zanin, 34, é programador e jornalista, especializado em segurança, jornalismo digital e privacidade na Internet. Literatura, cinema e fotografia estão também entre seus escritos favoritos.

Compartilhar


Tags


Denis Zanin

Dica #3: boot por USB em uma máquina virtual (VM)

Por esses dias, precisei instalar um sistema operacional em uma VM. A midia estava em uma imagem ISO. Seguidas tentativas fracassadas em iniciar a máquina virtual, pensei: por que não criar um USB, a partir desta ISO, e inicializá-la pelo assistente de configuração? Depois disso: mais problemas...

De uma vez, mais uma vez, dica rápida.

Por esses dias, precisei instalar um sistema operacional em uma máquina virtual VMWare, na qual trabalho de vez em quando. A mídia de instalação estava em uma imagem, no formato ISO, pois eu não estava encontrando o CD/DVD nessas bagunças de pandemia, por isso resolvi utilizar a ISO que salvei de backup.

Depois de criar a máquina virtual, e configurá-la para inicializar por esta imagem ISO de instalação, percebi que, por algum motivo, a BIOS da máquina virtual não estava reconhecendo a mídia como bootável (uma possível falha na construção dos headers do boot, durante o backup). Seguidas tentativas fracassadas depois, foi então que pensei: por que não criar um USB, a partir desta imagem ISO, e inicializá-lo pelo assistente de configuração do VMWare?

Criei o USB, coloquei no computador. Meu sistema operacional reconheceu a mídia no USB, e... mais outro problema: através das opções do VMWare não era possível definir o USB como uma mídia física de boot.

Pesquisando e pesquisando (e pesquisando!), encontrei uma alternativa para meu problema, bem recorrente com usuários do VMWare. A alternativa seria inicializar a máquina virtual (VM, "virtual machine"), e definir um gerenciador de boot como primeira imagem a ser carregada. Este gerenciador chama-se Plop Boot Manager.

Explicação rápida para quem não entendeu: por padrão, criamos uma máquina virtual pelo VMWare, em seguida definimos nas configurações o CD/DVD (ou imagem de um CD/DVD) que deverá ser inicializado pela BIOS da máquina virtual, certo? Ok, mas e se quisermos iniciar a máquina virtual através de um USB? Eis aí o meu problema, e a alternativa é o Plop Boot Manager.

Plop Boot Manager, gerenciador de boot da Plop

O Plop (nome da empresa, de um funcionário só; como o CEO, e autor do projeto, diz) é um gerenciador de boot. Por este gerenciador, conseguimos selecionar o dispositivo por onde o sistema será inicializado/ "bootado". Dentre as opções, estão partições do HD, CD/DVD, e USB!

Para utilizar o Plop na máquina virtual, é bem simples: baixe o arquivo zipado com os arquivos do gerenciador em seu computador, selecione a imagem ISO do gerenciador no VMWare, e inicie a máquina virtual.

A imagem (e arquivo necessário) do Plop Boot Manager está disponível na página oficial do projeto, acesso por este link. O arquivo compactado para download se chama plpbt-5.0.15.zip. Esta é a versão 5.0.15, lançada em 2013 (embora datada de vários anos, fique tranquilo, a versão é estável).

Feito o download do arquivo plpbt-5.0.15.zip, descompacte o conteúdo em uma pasta, e, no assistente de configuração do VMWare, onde definimos a "imagem de CD/DVD", indique o arquivo plpbt.iso. Esta é a imagem do gerenciador. Desta forma, o primeiro passo na inicialização da máquina virtual será abrir o gerenciador de boot Plop. Antes, porém, vamos alterar outras configurações desta máquina virtual: na aba Options ("Opções"), configuração General ("Geral"), altere o sistema da máquina virtual para Other ("Outro"), e versão, para Other ("Outro"), também. Habilite a controladora USB e verifique se os dispositivos estão inseridos corretamente em seu computador, na máquina host.

Bootando o Plop na máquina virtual

Agora, é bem fácil: depois das configurações definidas, inicie a máquina virtual, aguarde pela tela "espacial" aparecer, e voilá, o gerenciador de boot abriu! Precisamos "inserir" agora, o USB na máquina virtual: nas opções desta VM, habilite o USB correspondente ao drive onde está o sistema operacional que deseja instalar. Feito? Reinicie a máquina virtual, e de volta a tela inicial do Plop, escolha dentre as opções, o USB. E pronto!

Outra dica, no entanto: paciência!
A velocidade de leitura ficará comprometida e leeeenta.

Explicado e pronto! ;)

Post Scriptum

P.S.: No final das contas, toda a ISO que eu estava tentando instalar estava completamente corrompida, e de nehuma forma consegui finalizar a instalação do sistema operacional. O lado bom do problema: descobri o Plop e estou repassando a dica para vocês. Este gerenciador de boot é uma excelente carta na manga para os problemas de BIOS e sistemas operacionais. A resolução do meu problema foi correr atrás da bagunça e encontrar o CD/DVD. Paciência sempre!

Denis Zanin, 34, é programador e jornalista, especializado em segurança, jornalismo digital e privacidade na Internet. Literatura, cinema e fotografia estão também entre seus escritos favoritos.

Ver comentários